Resumo/Resenha- Supremo Alfa I: Companheiros

Boa noite amores amoras!!!😊😊😊

Venho para publicar mais um conteúdo Resumo/Resenha e para hoje trago o livro "Supremo Alfa I: Companheiros" da mais nova escritora brasileira Gabriella Guimarães. Sabe aquele livro que você precisa conversar com alguém sobre....então precisamos conversar sobre Supremo Alfa.






Gabriella Guimarães é uma escritora baiana e escreve  suas obras pelo pseudônimo de GJA Guimarães ( é uma homenagem aos seus três primeiros leitores). Já publicou mais de 11 livros. Supremo Alfa é acompanhado por uma trilogia (I- Companheiros/ II- Pride/III- Meu Anjo). Atualmente, intercala seu tempo entre a escrita, seu ramo profissional (que é arquitetura e urbanismo) e seus dois cachorros. Hoje trago a resenha do I- Companheiros publicado originalmente em 2015.

"Que nada nos defina. Que nada nos sujeite. Que a liberdade seja a nossa própria substância"- Simone de Beauvior

Nunca houveram palavras tão bem ditas para abrir essa resenha do que da maravilhosa Simone Beauvior, pois é exatamente disso que trata a obra de GJA Guimarães. Um livro emblemático em que coloca no universo ficcional temas polêmicos que necessitam ser discutidos no mundo em que vivemos. Adentra no mundo dos lobos com personagens humanizados que comentem erros e necessitam lidar com consequências de seus atos.  A historia se inicia com a visão de Luana uma loba que vive num meio rodeado por "homens-lobos" e é extremamente reprimida por seu pai "Alfa" que comanda a matilha. É sempre rodeada pelos irmão Alec e Ian que desaprovam as atitudes do pai. Logo no começo ela é entregue (como se fosse uma mercadoria) ao Supremo Alfa (aquele que lidera todas as matilhas), porém não aceita ser entregue e é espancada pelo pai. Logo no começo da historia somos envolvidos numa temática que nos rodeia o "machismo". Vemos uma "mulher-loba" Luana que tem atitudes firmes, personalidade própria e é constantemente repudiada, inclusive até o final da obra observamos essa relutância em que a personagem tenta sempre atuar como igual aos homens que lideram a matilha, porém não é visto como algo positivo. Observamos a imposição do sistema hierárquico de gêneros, em que o lobo alfa esta sempre em posição superior ao que é feminino.

Entretanto temos a visão de Noah que necessita ser o "Supremo-Alfa" e mostrar seu comando frente a todos da matilha, porém diversas vezes observa-se nele uma vontade dúbia, em que hora necessita estar com sua companheira, pois a felicidade e a completude esta ao lado dela; contudo precisa manter sua figura comandante da matilha. Ao fim do romance decisões necessitam ser feitas, e aquela realizada por Luana visava ao todo, a proteção da sua filha distante de Noah; e manter a posição de Noah para preservar a paz e a segurança da matilha. Isso me lembrou o que afirmava Beauvior que querer-se livre é também querer livre os outros. Neste caso Luana precisa ser livre, para fazer com que Noah também o seja.

O que mais me chamou atenção nesta obra fora a forma em que a escritora brilhantemente aborda temas como sexualismo (neste caso é evidente a utilização da figura feminina como escrava sexual, pois ao longo da leitura observamos a necessidade de satisfazer o outro sem se importa com o desejo de si); abordagem do sentimentalismo abrigada nas falas e nas ações das personagens e o que, a mim, é um dos pontos que mais me chamou a atenção, fora o uso da escrita polifônica. A autora não individualiza o romance deixando o caráter narrativo para apenas uma personagem. Ao dar, durante os capítulos, vozes para os mais variados personagens ampliou ação narrativa em que o desenrolar da historia não se dá por uma unica visão (uma visão unilateral). Dessa forma podemos observar como de fato os personagens se sentiram através das atitudes dos outros, como e porquê tiveram aquele comportamento, adentrando, assim, nos seus pensamentos e sentimentos.

Este não aquele típico romance-romântico, pois as atitudes que certos personagens tiveram fora apenas conduzidos por sua liberdade de escolha, porém induzidos pelo meio em que vivem. Supremo Alfa traz a luz uma obra verossimil que amplia gênero ficcional, trazendo temas atuais para discussão ao leitor. Faz o leitor refletir que seus pensamentos geram palavras, as palavras geram atitudes, atitudes geram hábitos e hábitos formam a personalidade. 

O livro pode ser adquirido através do site da Amazon. Já a escritora você pode contactá-la através do

Instagram: https://www.instagram.com/gjaguimaraes/
Facebook: https://www.facebook.com/gjaguimaraes/

Bom vou nessa beijinhos amores e amoras e inté a próxima!!!!👄👄👄






Comentários

  1. Estrela, minha linda!
    Te agradeço pelo carinho imenso com que tratou a minha obra. Obrigada pela belíssima resenha,!
    <3

    ResponderExcluir
  2. Só de ler sua descrição amei muito essa obra, com toda certeza essa entrará para minha lista de leitura.. amei muito a trama, fiquei ansiosa para saber mais!
    Beijos♡

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas